Archive for junho \01\UTC 2010

Honra e Coragem

1 de junho de 2010

[A união faz a força em momentos de guerra]

Como meu último post foi sobre filmes, gostaria de comentar sobre um deles: “The Blind Side”. No final desse filme há um texto baseado no conto de Alfred Tennyson, “A Carga da Brigada Ligeira”, cujos versos  retratam uma guerra perdida e dizem “Não há nenhuma razão, só há de agir e morrer”. O texto do filme compara a coragem e a  honra de guerreiros. Tal texto é escrito pelo personagem principal para sua prova final, na tentativa de convencer o único professor que não o apoiava, e dizia assim:

“Coragem é algo difícil de imaginar. Você pode ter coragem baseado numa ideia idiota ou um erro, mas você não pode supostamente questionar adultos,ou seu técnico, ou seu professor porque eles fazem as regras. Talvez eles saibam melhor mas talvez não saibam. Tudo depende de quem você é, de onde você veio. Ao menos um dos seiscentos caras não pensou em desistir, e se juntar ao outro lado? Quero dizer, Vale da Morte… Isso é uma coisa muito forte. É por isso que coragem é uma coisa complicada. Você sempre vai fazer o que os outros dizem pra você fazer? Às vezes você pode nem ao menos saber porque está fazendo alguma coisa. Digo, qualquer idiota pode ter coragem. Mas honra, essa é a verdadeira razão para você fazer ou não alguma coisa. É quem você é ou talvez quem você queira ser. Se você morrer tentando por alguma coisa importante então você terá ambos, coragem e honra. E isso é muito bom. Acho que isso é o que o escritor estava dizendo. Que você deve esperar pela coragem e praticar a honra. E talvez até mesmo rezar para que as pessoas que te dizem o que fazer, tenham alguma também.”

Como estou em tempos de baixa colheita criativa nos posts, mas ainda assim em tempo de reflexão. Faço dessas palavras as minhas, peço que o leitor, releia e pense a respeito de cada frase, principalmente dessa, quando inclusa no contexto: “Qualquer idiota pode ter coragem. Mas honra, essa é a verdadeira razão para você fazer ou não alguma coisa”.

Fica aí a dica, aproveite-a!

Blog no qual encontrei o texto do filme, nele há um opinião do autor bem interessante: http://chantinon.blogspot.com/2010/03/um-sonho-possivel.html

Anúncios